Domingo, 25 de Junho de 2017 21h41
Apoio ao Cliente | Contactos

Modelo Pedagógico

Conscientes do problema das desistências verificadas nos cursos online, e numa tentativa de contornar os fatores que o influenciam, a UnYLeYa desenvolve os seus cursos tendo por base uma framework específica de Instructional Design para e-learning, a Framework EPTEALAS. É este o modelo de desenvolvimento de cursos que que orienta e alinha os diferentes perfis funcionais da equipa UnYLeYa envolvidos no processo de desenvolvimento dos cursos e-learning.

Desta forma, garantimos que os curso UnYLeYa são criados tendo por base um conjunto de princípios pedagógicos e de usabilidade, essenciais ao sucesso da aprendizagem na modalidade e-learning. Conheça os objetivos associados a cada uma das etapas da framework.

Missão
Para evitar eventuais desistências, decorrentes de questões de acessibilidade e usabilidade, asseguramos um diagnóstico automático ao computador do formando que indica a necessidade ou não de parametrizações ou instalações. Sempre que necessário, o helpdesk intervém prontamente na resolução das dificuldades com que o formando se possa deparar, via e-mail ou telefone.
O Kit do formando é constituído por demonstrações animadas através das quais o formando aprende de forma rápida e intuitiva a aceder, navegar e utilizar as diferentes funcionalidades do curso. Neste mesmo formato são ainda disponibilizadas as FAQ relevantes nas questões que surgem de modo frequente.
Com o objetivo de captar a atenção do formando, partimos de situações e problemas reais, próprios do tema de cada curso, através dos quais o formando possa identificar fontes de interesse, lacunas em termos de conhecimentos e a pertinência da realização do curso.
Para além de informar os formandos acerca dos objetivos do curso e daquilo que é expectável que aprendam, importa ativar os seus conhecimentos prévios, de modo a criar a estrutura cognitiva base essencial à integração dos novos conhecimentos.
É nesta fase que o novo conteúdo, devidamente organizado e segmentado, é transmitido através de diferentes média (texto, imagens, som, vídeo, animações, gráficos). De modo a assegurar a sistematização das ideias e conceitos-chave são elaborados mapas conceptuais ou diagramas dinâmicos, bem como exercícios sob a forma de avaliação formativa que permitam ao formando conferir o cumprimento dos objetivos do curso.
Considerando que do ponto de vista pedagógico a aprendizagem é potenciada quando os novos conhecimentos são demonstrados, colocamos em prática três estratégias distintas: Caso Real que exemplifica, através de situações reais, a aplicação dos conceitos e conhecimentos aprendidos; Demonstração passo a passo que decompõe um problema ou situação em várias componentes, analisando-as em detalhe; Pergunte ao Especialista que constitui uma situação mais complexa onde o formando é confrontado com um problema semiestruturado e desafiado a procurar a sua resolução.
O grande objetivo desta etapa é promover a capacidade de aplicar os conhecimentos ou competências aprendidas a novas situações, primeiramente com apoio e gradualmente sem esse apoio. Nesta fase, o feedback sustentado é determinante, enquanto guia para uma aplicação real dos conhecimentos adquiridos. Desta forma, garantimos a aplicação e integração dos novos conhecimentos.
Nos nossos cursos, os formandos podem, de modo assíncrono, contatar com o tutor via e-mail ou através dos fóruns de discussão, para o esclarecimento de dúvidas ou para a partilha de dificuldades, ideias ou sugestões. Por norma, são criados dois tipos de fóruns, um supervisionado pelo tutor, associado a cada uma das unidades do curso e outro livre, para discussão entre os colegas. Em termos de ferramentas os formandos contam com artigos, legislação, glossários, entre outros documentos que possam ser úteis.
A avaliação é um dos pontos fortes dos nossos cursos uma vez que, para além da avaliação formativa e sumativa, criada de acordo com os objetivos definidos para cada curso, contemplamos ainda uma atividade de autoscopia, onde o formando tem a possibilidade de se autoavaliar. Em termos de avaliação final (avaliação sumativa), em que se exigem classificações iguais ou superiores a 70%, existe sempre um feedback detalhado dos resultados do teste.
A simulação constitui uma experiência de aprendizagem imersiva, que recria uma situação semelhante ao real. O objetivo é preparar os formandos, atendendo ao maior número de variáveis possíveis.
Mecanismos Front-End Kit do Formando Envolvimento Preparação Transmissão Exemplificação e Demonstração Aplicação e Transferência Ligação Avaliação Simulação